Bevin’s Skiff e a Reinvenção das Aulas

O Bevin’s Skiff é um pequeno barco construído em madeira que pode ser equipado tanto com remos quanto com uma vela. Mas seu grande trunfo não é esse, mas sim o de poder ser construído, efetivamente, em cerca de 25 horas a partir do kit vendido pela fundação Alexandria Seaport.

O projeto é de Joe Youcha. Ele percebeu que o ensino, em especial o de matemática e geometria, usando a construção de barcos, poderia ser otimizado e exponencialmente motivado. Com esta ideia, decidiu, então, conceber um barco que pudesse agregar as práticas de construção naval com as disciplinas escolares. Além disso, o projeto prevê a otimização de materiais, evitando ao máximo o desperdício, que é um problema recorrente na construção em madeira.

A construção do Bevin's Skiff é encorajada com crianças (Fonte: The Virgin Pilots)
A construção do Bevin’s Skiff é encorajada com crianças (Fonte: The Virgin Pilots)

O conceito é bastante simples. Consiste de um fundo chato e costados com apenas uma quina que faz a ligação com o fundo. Sua versatilidade permite que carregue até mesmo uma armação vélica, em leg-of-mutton ou carangueja. BRANA inspirou-se muito neste conceito de simplicidade e versatilidade para projetar o Daysailer 14, que será o exemplo adotado nas aulas do nosso Curso de Introdução ao Projeto de Pequenas Embarcações, com início previsto para janeiro de 2017, em plataforma online.

Um Bevin's Skiff velejando com armação leg-of-mutton (Fonte: St. Augustine Lighthouse & Maritime Museum)
Um Bevin’s Skiff velejando com armação leg-of-mutton (Fonte: St. Augustine Lighthouse & Maritime Museum)

Talvez sucesso não fosse o termo buscado pelo projetista do Bevin’s Skiff no início da sua concepção, mas o projeto tornou-se tão popular que já foi adotado pelas mais diversas escolas e ONG’s que trabalham com crianças e jovens nos Estados Unidos e em vários outros países. São tantas as unidades já construídas e sua construção inspira a tantos jovens, que Joe fez o que se chama Building to Teach, uma espécie de escola de instrutores, especializada em preparar profissionais que irão lecionar nos diversos projetos socioeducativos que usam a construção naval para formar jovens.

O BRANA hoje, então, tem como desafio fazer deste tipo de construção rápida e eficaz um projeto a ser implantado no Brasil nos mesmos moldes, que também possa entusiasmar nossos jovens a se voltarem para o mar, a se profissionalizarem ou mesmo a se motivarem com uma nova abordagem dos conteúdos escolares. Este sim pode ser o caminho!

bradmin
About the author

Leave a Reply

Quais os softwares mais utilizados por projetistas de embarcações?